15 erros comuns ao se falar inglês


Para falar bem um idioma é preciso aprender muito mais do que os significados de um monte de palavras ou expressões.Conhecer os contextos e as diversas aplicações do vocabulário aprendido é tão importante quanto conhecer seus significados.O estudante que não se atenta a isso corre o risco de cometer erros ao usar o vocabulário aprendido em estruturas da sua língua materna.

Assista ao vídeo: Os 7 Erros mais comuns em inglês.

Hoje selecionei alguns desses erros, entre os muitos que podem ocorrer, a fim de alertá-lo na hora de se comunicar. Confira-os a seguir e dê aquela turbinada nas suas habilidades com a língua inglesa.

1. Fazer faculdade: go to college

Para dizer que frequenta/estuda em alguma faculdade faça uso de “go” (como mostrado abaixo) ou “study”. Não utilize “make” ou “do”.

  • He goes to college at night. [Ele faz faculdade à noite.]

Se quiser dizer que “estudou em alguma escola”, “fez (curso em) alguma escola” por exemplo, na Winner, diga “I studied at Winner” e não “I did ou made Winner”. Esteja atento a isso.

2. Fazer (uma) cirurgia: have surgery

Não faça uso de “make” ou “do” no caso de “passar por uma cirurgia”. Também não utilize o artigo “a” com “surgery”.

  • She is going to have surgery next month. [Ela vai fazer (= passar por) uma cirurgia no mês que vem.]

3. Não use “let’s” (let us) na interrogativa.

Ao fazer um convite ou sugestão com “let’s…” (vamos…) não utilize o sinal de interrogação nem a entonação de pergunta. São incorretas frases como “let’s eat pizza?”, “let’s study together?” ou “let’s stop?”. No lugar disso diga “let’s eat pizza“, “let’s study together” e “let’s stop“.

Confira a série: Erros Mais Comuns do Brasileiro ao falar inglês.

Se quiser convidar ou sugerir na interrogativa faça uso de “shall“, por exemplo, “shall we eat pizza?” (vamos comer pizza?), “shall we study together?” (vamos estudar juntos?) ou “shall we stop?” (vamos parar?).

4. Fazer uma festa: have a party

Para dizer “fazer uma festa” não faça uso de “do” nem de “make”. Além de “have” você também pode utilizar “give” ou “throw”.

  • We’re going to have a party tomorrow. [Nós vamos fazer uma festa amanhã.]

5. Fazer tratamento: have treatment; take treatment

Não utilize “make” ou “do” com “treatment”.

  • He’s having treatment in the hospital now. [Ele está fazendo tratamento no hospital agora.]

6. Fazer uma operação: have an operation

Não faça uso de “make” nem de “do” neste caso. Não diga “make an operation” nem “do an operation” quando o contexto for “passar por uma operação”.

  • He was sick and had an operation last week. [Ele estava doente e fez (= passou por) uma operação na semana passada.]

7. Eu não faço idéia; você não faz ideia: I have no idea; you have no idea

Quando quiser falar que “não faz ideia” no sentido de “não saber/não ter conhecimento/informação a respeito de alguma coisa” não use “I don’t make idea” ou “I don’t do idea”. A forma adequada é com “have”.

8. Andar nem sempre é “walk.

Walk” equivale a “andar a pé”. Não diga, por exemplo, “walk by car“, “walk by motorcycle” ou ainda “walk on foot” (forma redundante). Uma boa opção é fazer uso de “get around“. Confira nos exemplos a seguir:

  • I like walking. [Eu gosto de andar (a pé).]
  • We get around by car almost every day. [Nós andamos (nos locomovemos) de carro quase todos os dias.]
  • He gets around by motorcycle during the week. [Ele anda (se locomove) de moto durante a semana.]

9. Fazer um teste; fazer uma prova: take a test; do a test

Neste caso, não recorra a “make”. As formas adequadas são com “take” ou “do”. Ainda é possível dizer “sit a test”.

  • We will take a test after the classes. [Nós iremos fazer uma prova depois das aulas.]

10. Tomar (um) remédio (medicamento): take a medication; take a medicine

Use “drink” apenas quando se tratar de medicamento líquido em situações isoladas. Nos dois casos, líquido ou não, “take” é uma opção adequada que deve sempre ser a escolhida quando estivermos falando do uso contínuo de medicamentos.

  • As usual, the boy takes his medicine and goes to bed. [Como de costume, o menino toma seu remédio e vai dormir.]
  • She drank the cough syrup, but complained a lot. [Ela tomou o xarope para tosse, mas reclamou muito.]

11. Fazer coisas em geral (sem mencionar o que): do things

Não utilize “make” neste caso.

  • I usually do a lot of things in my free time. [Eu costumo fazer muitas coisas nas minhas horas vagas.]
  • Find something to do now. [Encontre alguma coisa para fazer agora.]
  • Come on! Don’t just stand there. Do something. [Vamos lá! Não fique aí parado. Faça alguma coisa.]

12. ”Muito”

Nem sempre é “very” em inglês. Há outras opções: many, a lot (of) e much. Não saia por aí usando “very” toda vez que quiser dizer “muito”.

  • I have many (= a lot of) friends. [Eu tenho muitos amigos.]
  • They work a lot[Eles trabalham muito.]
  • You joke a lot. [Você brinca muito.]
  • Do you drink much water? [Você toma muita água?]

Regra básica resumida: “many” antes de substantivos contáveis no plural; “a lot of” com substantivos contáveis ou incontáveis; “much” para substantivos incontáveis; “a lot” modificando verbos.

13. Não se usato” depois de verbos modais (can, may, might, must, should, could etc).

Não diga, por exemplo, “I can to go” (eu posso ir), “you must to stay here” (você deve ficar aqui) ou “she could to help us” (ela poderia nos ajudar). O correto é “I can go“, “you must stay here” e “she could help us“. Ou seja, sempre sem “to” depois do modal.

14. Ficar nem sempre é “stay” em inglês.

Stay” equivale a “ficar” no sentido de “permanecer” em algum lugar ou condição. Há outras opções mais adequadas dependendo do contexto, por exemplo, “get” que é “ficar” no sentido de “tornar-se”. Resumindo: em relação ao uso com adjetivos, “get” indica mudança de estado e “stay” permanência naquele estado.

  • Stay here today. [Fique (permaneça) aqui hoje.]
  • He stayed rich. [Ele ficou (permaneceu) rico.]
  • He got rich. [Ele ficou (tornou-se) rico.]
  • I want to stay in shape. [Eu quero ficar (permanecer) em forma.]
  • I want to get in shape. [Eu quero ficar (entrar em) forma.]

15. Não diga “pensar em” com “think in” ou “think to.

Faça uso de “think of” ou “think about”. É incorreto dizer, por exemplo, “I think in you” (eu penso em você) ou “do you think to go there?” (você pensa em ir para lá?). As formas adequadas são “I think of you” ou “I think about you” – eu penso em você – e “do you think of going there?” ou “do you think about going there?” – você pensa em ir para lá? – não se esqueça disso!

Nem sempre aquilo que imaginamos na teoria se confirma na prática, na hora de utilizarmos o idioma. O mais importante (principalmente no começo) não é acertar sempre, mas ir trabalhando, observando, dia após dia, a fim de que estes erros possam aos poucos serem corrigidos para que não permaneçam para sempre. Com o passar do tempo, você vai ter uma fluência muito mais natural e próxima do ideal ou daquilo que se espera, por exemplo, em um exame de certificação ou em uma entrevista de emprego em inglês.

Bons estudos e até a próxima!

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s