SPEAK e TALK: Qual é a diferença?


SPEAK e TALK

A dupla de verbos SPEAK e TALK, assim como SAY e TELL, também costuma gerar confusão não apenas para os alunos de nível básico. É importante deixar bem claro que estes não são deslizes que impedem a comunicação, mas, dependendo do contexto em que são cometidos, prejudicar a imagem pessoal e profissional de quem os comete.

Vejamos alguns exemplos sobre a diferença entre SPEAK e TALK a seguir. Tenho certeza de eles ajudam a consolidar o aprendizado. Não deixe de ler o post “SAY e TELL: Qual é a diferença?” para acabar com essas dúvidas de uma vez por todas.

SPEAK

  • SPEAK e TALKWe speak to someone. / We speak with someone.
  • Falamos com alguém.
  • We speak to someone about something.
  • Falamos com alguém a respeito de algo.
  • Harry was speaking to Chris when the phone rang.
  • Harry estava falando com Chris quando o telefone tocou.

TALK

  • We talk to someone.
  • Conversamos com alguém.
  • We talk to someone about something.
  • Conversamos com alguém a respeito de algo.
  • We talk.
  • Conversamos. (Neste caso, está subentendido na frase com quem ou de que forma conversamos.)
  • Some people tend to talk too much.
  • Algumas pessoas tendem a falar demais.
  • The couple were talking about their kid’s involvement with pot.
  • O casal estava conversando a respeito do envolvimento de seu filho com maconha.
  • If you talk in class you’ll miss the English instructor’s guidance.
  • Se conversar na aula, você perderá a orientação do seu professor de inglês.
  • I was talking to Sharon at the party last night.
  • Ontem à noite, eu estava conversando com Sharon na festa.
  • “Why don’t you talk to me?”, said the puzzled husband.
  • “Por que você não fala comigo?”, disse o marido, perplexo.

Explicações teóricas e exemplos ajudam bastante, mas o aprendizado se consolida de fato com a exposição constante ao idioma. Vale para as duplas “SAY e TELL”, “SPEAK e TALK” e para qualquer outro assunto relacionado ao estudo de línguas estrangeiras. Em outras palavras, quanto mais frequente for o contato com a língua inglesa, mais rápido será o seu progresso. Leia outras dicas sobre esse tema em “Vocabulário: Exposição“, “Aprender inglês com prazer é mais fácil” e “10 dicas infalíveis para aprender inglês“.

Referência: “Como Não Aprender Inglês – Edição Definitiva” de Michael Jacobs – Editora Campus/Elsevier, 2002. Leia a resenha. *Texto adaptado para o blog.

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s