Gírias e boas atuações foram desafios para dubladores de “Breaking Bad”


Premiada e cultuada por fãs no mundo inteiro, “Breaking Bad” chamou a atenção no início do mês por outro motivo que não os prêmios que levou no Globo de Ouro e no SAG Awards. Estreante da Record, na qual passou a ser exibida a partir do último dia 14, a série sobre o traficante de meta-anfetaminas Walter White (Bryan Cranston), virou assunto por conta de sua dublagem.

Em meio a críticas e elogios, a versão em português da atração despertou a curiosidade dos fãs. Afinal, todos queriam saber como ficariam as traduções de seus bordões marcantes. Um dos mais lembrados pelos fãs, o “Yeah, bitch” de Jesse – dito por seu intérprete Aaron Paul até no palco do Globo de Ouro – virou um sonoro “Aí, vadia”.

A voz por trás de Jesse na versão brasileira, o dublador Felipe Zilse elegeu a tradução como sua favorita entre todos os bordões do personagem e contou que vários fatores tiveram de ser considerados na hora de escolhê-la. “O ‘aí, vadia’ foi uma adaptação minha e do diretor. Tivemos que levar em conta que ele abre bastante a boca pra falar, para parecer que ele está falando o português. Lógico que é impossível ficar perfeito, mas a gente tenta chegar o mais perto possível”, contou Felipe.

Leia mais…

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s