Beer and ale (Cerveja)


Todos sabem o que é (e gostam) de beer. Mas quando entramos num pub, na
Inglaterra, encontramos também ale. O que é ale? Um sinônimo de beer,
embora bem menos usual, pois é uma palavra um pouco antiquada. Ale está
escrito nas fachadas, vidros, espelhos e portas dos pubs, os famosos pubs
britânicos. (Você sabia que a palavra pub vem de public house?)
Nos pubs é servida a “cerveja quente”, como dizem os brasileiros. Você
deve estar imaginando o quanto é horrível tomar cerveja quente, não é?!
De fato, a maior parte das cervejas consumidas na Inglaterra não é
refrigerada. Mas devemos considerar que a temperatura ambiente lá é baixa, e
tudo se mantém bem fresquinho sem refrigeração mesmo nos dias de verão. A
“cerveja de barril”, draft beer (ou on tap, nos Estados Unidos), por exemplo,
fica no porão e está sempre fresca.
Tudo isso faz com que a “cerveja quente” da Inglaterra não seja tão quente
assim. Ela costuma ser consumida na temperatura natural (ambience) e é uma
delícia!

Experimente entrar num pub e falar “Good evening sir. May I have a

pint of your best bitter please?” (“Boa noite, senhor. Posso tomar uma das
suas cervejas tipo bitter?), ou menos formalmente: “Hi, give me a pint
please Bill.” (“Oi! me dá uma cerveja, Guilherme.”) As vantagens desse
procedimento são as seguintes:
. Mesmo que não consiga falar outra coisa pela noite toda, você já
convenceu alguém de que o seu inglês é fluente.
First impressions são importantes.
. Fará amizade com o barman, bartender ou barmaid (neste último caso,
diria “Good evening young lady”), também menos formalmente, “Hey
Mary…”).
. Vai experimentar uma ótima cerveja, muito popular, que é a bitter.
Apesar de significar “amargo”, seu sabor é maravilhoso.
. Poderá ajudar a desfazer o preconceito existente no Brasil em relação
à “cerveja quente” da Inglaterra.

Outra curiosidade é que na Inglaterra chamamos as bebidas destiladas de
spirits. A origem desse termo vem do vinho (embora este seja um fermentado),
que era considerado o espírito da vida por causa do hálito que provoca em quem
o aprecia.
Shakespeare já citava os spirits referindo-se a bebidas em suas consagradas
obras. Do ponto de vista técnico, spirit é a “essência”, o “perfume”, de uma fór-
mula.
A propósito, tudo que bebemos, alcoólico ou não, chamamos de beverages.
Então, cheers!

Dicas: Como não aprender inglês – Michael A. Jacobs

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s