Grécia antiga: Turismo pelas principais ruínas


Adorei o Blog…tem dicas incríveis…segue mais uma…sonho de consumo!!!
Foto Destaque: AndrMoel/Flickr Apesar das inúmeras belezas das cidades da Grécia, o país também é muito procurado pelos turistas devido a sua história e templos construídos em homenagem aos Deuses...

Foto Destaque: AndrMoel/Flickr

Apesar das inúmeras belezas das cidades da Grécia, o país também é muito procurado pelos turistas devido a sua história e templos construídos em homenagem aos Deuses Gregos. Para os amantes da mitologia grega, separamos algumas ruínas que devem constar no seu álbum de viagens a este país cercado de mitos.

Partenon, o templo de Atena

Construído em 437 a.C., na Acrópole de Atena, o Partenon foi  templo da deusa Atena, a deusa da guerra, da civilização, da sabedoria, da estratégia, das artes, da justiça e da habilidade. A construção fica localizada na capital grega que leva o nome da deusa . Segundo a mitologia grega, Atena é filha de Zeus com a deusa Métis. Atenas é até hoje uma das divindades mais populares da Grécia.

Entre os diversos templos gregos, o Partenon é considerado um dos maiores monumentos culturais da história da humanidade, e apesar de ter sofrido diversos danos com o tempo e ataques, como o dos venezianos em 1687, se mantêm de pé.  Um processo de restauração finalizado em 2004 renovou a fachada do templo e a principal estatua de Atena localizada no salão leste.

Floripa – Praia do Campeche


Brasil e suas maravilhas praianas! 🙂

Com três quilômetros e meio de extensão, a praia do Campeche fica entre a Joaquina e o Morro das Pedras, sem no entanto haver marcos geográficos nestas divisas. A faixa de areia branca e fina é larga, às vezes com formação de dunas. O mar grosso tem águas frias e de salinidade elevada. As ondas são fortes e as direitas com ondulação sul são muito esperadas pelos surfistas.

A princípio, as praias da Joaquina, do Campeche e do Morro das Pedras tinham um só nome: praia do Mandu. Foi em 1860 que a orla em frente à Ilha do Campeche passou a ser conhecida pelo mesmo nome da ilha.

Existem duas versões para o nome Campeche. A primeira, mais elegante, remete a um visitante ilustre e freqüente da região, o escritor e aviador francês Antoine de Saint-Exupéry. Durante a década de 20 o correio aéreo francês Sociêté Latécoère instalou no Campeche um campo de pouso que era utilizado para o reabastecimento dos vôos entre Paris e Buenos Aires. O comandande da rota, Saint-Exupéry, aproveitava para descansar e fez amizade com os moradores da região. A lenda que ficou é que o nome Campeche provém do apelido francês que o visitante deu ao lugar: Campo de Pesca, ou seja, Champ et Pêche.

Leia mais…

Angus Macgyver – Best Twitter ever


Se você era fã nos anos 80 vai amar esse perfil haha Choro de rir toda vez que leio. Vale muito a pena curtir, seguir e enfim!

@DicasDoMacgyver

Olha só os comentários:

“Não tire fotos suas em frente ao espelho. Lembre-se que todo o ambiente será retratado, o que pode identificar sua localização.”

Observe se em alguma ala, de qualquer escola, há alguém que não samba bem. É muito provável que seja um agente estrangeiro infiltrado.”
“Ao se encontrar com alguém a negócios, marque em local público, com piscina, e negocie dentro dela, eliminando o risco de escutas”
Muuuuito Bom!
Várias dicas massa!

 

 

Black Sabbath virá ao Brasil em outubro


Black Sabbath letras

Black Sabbath virá ao Brasil em outubro. Os pioneiros do heavy metal escolheram fazer shows solo ao invés de tocar em algum festival como o Rock In rio – que tinha interesse na banda pelo que se sabe. As datas e cidades onde as apresentações ocorrerão ainda não foram decididas. Além do Brasil o grupo também passará pela Argentina e provavelmente Chile. As informações são do jornalista José Norberto Flesh do jornal Destak

Leia mais…

 

 

I got the Jack…


Jack Daniel’s é um uísque fabricado pela Jack Daniel Distillery, fundada em 1876 pelo destilador norte-americano Jack Daniel (Jonathan Daniel), com sede na cidade de LynchburgTennesseeEstados Unidos da América. Desde 1956 pertence ao grupo Brown-Forman Corporation.[1]

Conhecido pelas garrafas quadrangulares de rótulo negro, é um dos uísques mais vendidos no mundo. Entre os whiskeys, é classificado como Tennessee Whiskey, devido ao processo de destilação diferenciado. Também é chamado de Old No. 7 (“Velho número 7”). Não é bourbon, já que bourbon é apenas o uisque produzido no estado do Kentucky.

Usa milhocenteiomalte de cevada e água isenta de ferro como ingredientes na sua fabricação. Diferencia-se pelo seu cuidadoso processo de elaboração, destilação e amadurecimento, aliado ao clima do Tennessee. Com grandes diferenças de temperatura entre inverno e verão, o processo de amadurecimento no Tennessee garante uma grande interação entre o uísque e o barril, conferindo ao Jack Daniel’s sabor e cor mais amadeirados. Não é envelhecido já que este processo se refere ao tempo que o whiskey fica dentro do barril de carvalho. No caso de Jack Daniel’s o whiskey é amadurecido, tendo a ver com o clima da região.

Jack Daniel’s é lentamente suavizado através de um proceso chamado “charcoal mellowing“. Este processo consiste na passagem do whiskey por uma camada de três metros de carvão de madeira.

Jack Daniel’s é amadurecido em barris de carvalho branco. Estes barris são novos e são utilizados para amadurecer Jack uma única vez. A experimentação, não o envelhecimento, determina quando o whiskey atingiu a qualidade, o sabor e a cor que se está acostumado a apreciar em Jack Daniel’s.  Leia mais…

Sorvete a base de cerveja é uma das novidades de festival em Blumenau


#partiuprablumenau

Entre os dias 20 e 23 de março será realizado o Festival Brasileiro de Cerveja. O evento será no Parque Vila Germânica, em Blumenau, no Vale do Itajaí.

Uma das novidades é o sorvete de cerveja. “Este ano serão 16 tipos de sorvetes, cada dia terá quatro opções diferentes. A sobremesa é produzida com 50% de cerveja, para manter as características do sorvete”, explica a empresária Emilenne Stival. Leia mais…